Permaneço entre aquilo que me excita e aquilo que me da prazer... Desconheço o que me completa

terça-feira, 18 de dezembro de 2012

ESSE TEU OLHAR


Esse teu olhar, me deixa sem jeito,
Desliga-me do real, para o sonho.
Tens um olhar quente, pra frente.
Posso olhar dentro de tua mente.
 
E ler suas intenções em meu intimo.
Arrebatando-me a alma e lendo-me
Retribuirei a esse olhar, mistério.
Estou ao passo desse enigma.
 
Há nesse olhar, algum mistério.
Parece-me querer-me arrancar o
Intimo de minha vaidade.
Olhando-me com veracidade.
 
Vou me perder no teu olhar,
Que me leva ao mar de sonhos.
Ao mar de embriagues,
Toda vez que por ti sou observada.
 
Esse teu olhar desvenda meu segredo.
Tirando-me o sossego, me tirando o medo.
Ele me desequilibra me deixa sem ação.
Sem saber a direção
Só tenho olhos, para sua visão.
Estou com o feitiço da fixação
Teu olhar poder de atração..
 

Musa da Inspiração



Como é incrivel.... Você chega tão mansinho
Não tem hora, não tem dia.
Vem tranqüila, com esse sorriso e toda sutileza da sedução.
Me deixa sonhando, pincelando cores,
harmonizando vida.
Minha inspiração volta 
Uma figura inesplicavel  que mistura meus sentimentos,
Não sei se com, ou sem intenção infiltra-se n' alma e me transfigura.
Traz emoções tiradas de momentos.
Quero sempre essa presença no mais loucos momentos
na melhor hora de minha calma, na erupção do desejo.
Quero seu traquejo,  seu sorriso com sutileza na redondeza de meu dia cansativo.
Em uma sintonia com a natureza
mapear um roteiro de vida.
Quero inspiração nas palavras a serem ditas,
nos carinhos repartidos,
nos ensinamentos a serem deixados.
Na história a ser contada e construida .
Na vida a ser vivida.
No esquecimento que não existe....

quinta-feira, 8 de novembro de 2012

En busca de Tutankamón

Perdição da minha vida
me perco em devaneio
mas és meu tesouro perdido
és minha vida interrompida.

Busca eterna
de séculos em séculos
amores de outrora
ilusão da minha Alma.

Quanta noites te esperei
Quantas vida eu vivi
quanto amores eu perdi .

Mas a busca...
por meu tesouro perdido
essa busca é eterna.

quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Desejos contidos

Sussurro em teu ouvido, te faço propostas
E os teus olhos fechados, nada de se abrirem...
Mas vejo em tua boca teus lábios sorrirem...
Ao sentir minhas mãos acariciando as tuas costas...

Aquecendo-nos sob o lençol que reflete
A fome, a sede, a tara, a ira e o fervor...
Abraço-te com tanto carinho e amor
Que não cabe entre nós nem mesmo uma gilete.

Meu dengo, meu primor, meu mimo, meu troféu!

Se existe alguém melhor que tu,
Esse aguem vive no céu Admirando o encanto
Toda beleza, sensualidade e simpati
a.

terça-feira, 18 de setembro de 2012

Desejos

Concretizar alimentar-me do teu sabor,
embriagar-me com o teu gosto... 

provar a gosto delicioso e quente da tua pele.
Percorrer o paraíso das tuas curvas, descobrir os teus segredos...

provocar gemidos...
Para mim é Felicidade.

Mais do que isto é continuar a sonhar...
És a minha inspiração, 

a minha imaginação de doces fantasias que se escrevem 
com letras unidas umas às outras para representarem o teu ser, 
o meu desejo, intenso, ansioso, ...
voraz como um leão, doce como um beija-flor...
Assim sou: corpo, alma... repleto de caricias atrevidas, 

ternura, delicia, fervor e excitação ardente!

sábado, 15 de setembro de 2012

Intensa espera

Estou sozinho...
 Nessa noite fria
 Infinita espera
 E eu aqui...sedente, inquieto
 Esse silêncio absurdo
 Fecho os olhos, visualizo você
 Posso ouvir teus passos
 Sentir teus sussurros, te sentir
 As horas não passam
 Uma vontade alucinada
 Que alimenta meu ser
 Estou ofegante, suspenso
 Esse desejo doido, um querer
 Um corpo quente, ardente
 Estou assim...poeta insano
 Totalmente fora de mim
 E nesse descompasso
 A urgência de ti é presente
 Minha alma reclama tua falta
 Meu olhar me denuncia
 Meu corpo te quer
 Nessa minha loucura
 Não suporto essa espera
 Vem logo me amar
 Dissipa essa ansiedade
 Mata essa fome que sinto
 Aniquila essa saudade
 Viaja em meu corpo
 Deixa tua vontade assumir
 Escorrer em minha pele
 Preenche minha noite
 Com essa paixão que
 Avassala meu Ser
 Ah!! Essa insensata espera...

segunda-feira, 6 de agosto de 2012

Será que ela sabia?

"Ela sabia bem que o espírito dele era livre, 
que seu corpo era de ninguém... 
Ele andava mesmo sem rumo, 
porém seus passos eram firmes.
Ela sabia bem que a alma dele era livre, 
que seu sorriso era de todos... 
Ele amava por ai, em cada olhar em que se esbarrava.
Ele não pertencia a ninguém, 
e ninguém pertencia a ele... 
Ele era livre, o coração dela meio que já sabia disso.
Seus sonhos e sua vontade de tocar eram livres, 
seus medos e desejos eram livres...
Ele era de todos. Já tinha sido de muitas.
E embora jamais tivesse...
Pertencido profundamente a alguém,
Mas sua melhor história e vivencia
Para sempre seria dela."

sexta-feira, 3 de agosto de 2012

VESTIR TEU CORPO



Mas, deixa- me sonhar e encher de vontade,
mesmo sabendo que depois foges de mim.
É medo de entrar e perder a chave da porta,
de não mais desgrudar de mim?
Já olhou em tua pele?
Estou grudado feito tatuagem,
sinto todos os teus arrepios,
quando fala comigo, o que pensa o que imagina.

Sinto quando está molhada de desejo,
com vontade de se entregar a esse fogo,
vamos dançar a dança dos amantes.
É só dizer, vem e entrarei em ti ,
por tuas pernas,braços, seios,
penetrarei em ti toda a minha vontade
e sentirás o mundo silenciar por um instante,
antes de sentir saudades vou te amar de novo.

Quero sentir teu cheiro, tocar tua pele,
vestir teu corpo inteiro.
Quero passear com você no céu,
quero te tomar em minhas mãos
e fazer de nós comunhão.
Desfilar pelo rio chamado amor,
descobrir desejos e colocar dentro do meu peito,
viver contigo... esse sonho chamado amor.

sexta-feira, 27 de julho de 2012

Pode deixar....

Deixa-me olhar-te em silêncio
Sem palavras dizer o quanto lhe desejo sentir o seu sorriso
Mesmo na distancia que nos separa
Deixa-me fixar o teu olhar
Fechar os olhos, te imaginar
... Que da árvore és o melhor ramo, a flor mais rara!!!
Deixa-me que te envolva
Que te admire
Que o teu sorriso me inspire
Quando por ti estou chamando
Deixa-me estar a teu lado
Te contemplar, mesmo calado
Ver-te sorrir, por alegria e felicidade
Sentir no meu peito o teu calor
Sorrir
Mesmo que a distancia e a saudade me insista em chorar
E que eu possa mesmo assim sentir
E que mesmo que a vida aos poucos se acabe
Haja uma força que o coração trave
Para que na paixao que existe
Mesmo que eu me sinta triste
Possa te olhar e ...
SORRIR

quinta-feira, 19 de julho de 2012

Dois corpos em erupção


Dois corpos em erupção
... sedentos de desejo, perdido no universo
rendido aos encantos da paixão
desejo de seduçao, desejo de possuir
desejo de ser possuído
olhos vendados, maos algemadas
numa cama de loucura
num lençol de desejo
A maior insensatez maior pecado
Tão desejado, tão procurado, tão esperado
Dois corpos erupção
Que se amam, sem tabus, sem preconceitos
Lençóis de cetim vermelho, champanhe a preceito
Morangos embevecidos pelo teu cheiro, pelo teu néctar
Corpos que roçam, pétalas de rosa vermelha na cama
Velas acesas, incenso no ar, paixão prometida
Compromisso esquecido, sem perguntas, sem respostas
Apenas dois corpos em erupção
Na loucura da procura, na satisfação do desejo
Dois corpos, duas almas, dois desejos, uma só vontade
Olho para ti pelo freixo de luz que as velas me dão
Corpo escultural, sorriso nos lábios, vontade de amar
Teu cabelo é como a seda
Teu ventre a minha perdição,
Teus olhos minha paixão...
Não resisto aos teus encantos, rendido a tua beleza
Perdido no teu olhar, irei te beijar com delicadeza
sentir o cheiro, provar o teu néctar com prazer
Quero sentir-te em mim, quero ter-te por inteiro
Despir-te devagarinho, tocar-te suavemente
Quero-te na minha cama, possuir-te loucamente
Despir-te esse vestido vermelho, tocar os teus seios
Mordiscar os teus mamilos, navegar pelo teu corpo
Entregar-me aos teus devaneios, realizar as tuas fantasias
Penetrar-te, gemer e ouvir-te gemer de tanta loucura
Dois corpos em erupção que se amam ate a exaustão

Dá-me, entrega-te, não resistas!!!


Dá-me, entrega-te, não resistas!!!
Eu estou aqui, sente a minha respiração
Que se torna ofegante a cada toque teu
... Sente como aumenta a minha pulsação
A cada beijo, a cada carinho que me das
Dá-me. Entrega-te, não resistas!!!
Vem sentir o meu corpo, beijar os meus lábios
Deixa-me despir-te devagarinho,
Sentir a tua pele macia, o teu perfume
Deixa-me passar a língua com carinho
Quero decorar cada centímetro do teu corpo
Quero roçar-me, sentir-te em mim, quero-te muito
Dá-me, entrega-te, não resistas!!!
Vem sentir a minha paixão, o meu desejo, a minha loucura
Fecha os olhos, deixa-me guiar-te
Deixa-me seduzir-te, deixa-me amar-te
Não abras já!!!!! Quero possuir-te
Quero sussurrar-te no ouvido, quero que sonhes
Sonha, sente o toque, imagina, viaja
Sim!!! Sou eu, é a minha língua que te da prazer
Não negues, não mintas a ti própria, sente simplesmente
Dá-me, entrega-te, não resistas!!!
Prometo-te uma noite de sonho, um acordar maravilhoso
Uma cama de lençóis de cetim, uma rosa sobre a almofada
Champanhe no gelo, muito calor, muito desejo
Sim, prometo, que vais ser amada
Dá-me entrega-te, não resistas!!!
Deixa-me possuir-te devagarinho, para que sintas
Cada movimento, cada segundo de imenso desejo
Cada devaneio, cada anseio,
Não olhes no relógio, pois esta noite é eterna
Cada segundo, será um minuto,
E cada minuto será uma hora
E das horas faremos dias, dos dias, semanas
E das semanas serão meses, que anos se tornarão
De eterno amor, paixão e carinho
Sim!!! Prometo, só terei olhos para ti
É a ti que quero, a ti que desejo, em ti que penso
Dá-me, entrega-te, não resistas!!!!

HÁ MAIS ENTRE NÓS...



É como é o destino... Sempre 
Há mais entre nós do que pode imaginar!!!
Não apenas a cama, a afinidade
o desejo infindável, a cumplicidade
O sorriso no olhar, a ternura,
a penetração que toca a alma,
Muito louco, muito frenético!!!
 
Há  mais entre nós do que pensas...
É o que sentimos,
sem pensar,
mas imaginando...
A ternura ,
as conversas longas,
É a pele que se acarinha,
se esquenta,
quando o frio começa a ficar incômodo!...
É a alma que toca a alma,
Mesmo sem estar presente
É a boca que deseja a tua boca,
São os olhos que se precipitam nos olhos,
A necessidade de se falar ,
trocar idéias...
 
Há  mais entre nós do que pensas!!!
O segredo contido...
O desejo incondicional...
O tempo que passa...
E assim vai passando...
Vamos ao longo dele,
aos poucos,
aos pouquinhos,
descobrindo e nos necessitando...
Não te esqueças de mim...
jamais!!!

sexta-feira, 6 de julho de 2012

Humm... vc sabe !!

 
Sabe aquele beijo do sonho
Foi o medo que não deixou
Que impede de crescer
Que embrulhou com laços
Liberdade não tem tamanho
Sabe o sexo do descaso
Maltratou a alma e o calor
Joga a chance de se ter
Deixa o ventre sem espaço
O sorriso da libido em atraso
Sabe aquele carinho negado
Que seu critério não deixou
Ignorou seu querer
Mau conselho da vaidade
Nasceu ruim seu legado
Sabe sua fé cega declarada
Chagas na vitrine para expor
Precisa crer para ver
Toda benção de quem sabe
É da visão de uma vida amada
Sabe aquele que te invejou
Insegurança firme e brada
Perde a chance de reler
Enverniza-te entre grades
Foi sua couraça que criou
Sabe o que torna tarde
Entrar na cova que cavou
E sem conhecer
O limite te enfraquece
Perde seu embarque
Sabe aquela ideia que não teve
E que sempre ignorou
Sentir em seu perceber.
La estava sua verdade
O nó firme de sua rede
Sabe a depressão passada
São sentidos em protesto  
Jeito de não esquecer
Que sua conexão se rompeu
Outros são infernos e muralhas
Sabe o amor que perdeu
O mandado pelo cupido
Deixou o anseio padecer
E sua essência travada
Ao que universo ofereceu
Sabe a face sem rubor
Que sua tribo abafou
Impede de o fogo ascender
E olhar mostra cansaço
Da alma sobre signo do pavor
Sabe a batalha que entregou
Não viveu a beleza da ação
E nunca perecer
Por conta do realista rogado.
Galeria de derrotas acumulou.
Sabe que você sempre rogou
Não foi ouvida a percepção  
Para o espirito não atender
Tornando o enforcado
Dos arquétipos do Tarô.
Sabe que você que sempre sabe
Caminhou sem noção
E Barrou seu saber
Principio moral ofuscado
Fere com seu próprio sabre

quarta-feira, 27 de junho de 2012

De vermelho!!!!

Bom que venha uma noite estrelada, velas perfumadas,
a janela entre aberta, ... uma mesa farta,
Pode vir dançando num vestido vermelho...
No teu olhar eu já conheço todo o encanto...
As tuas mãos nas minhas, o meu peito nas suas costas
... um abraço forte que te leve aos desejos...
Eu só quero um coração fogoso,
Que eu retribuo com um beijo na nuca, carinhoso
O sussurro cego na porta da tua boca...
Feche os olhos deixe deslizar com dedos
O desejo na cortina de um sonho

terça-feira, 5 de junho de 2012

A chuva como testemuha..

A chuva como testemuha...

Em uma tarde fria de outono, no tapete da sala; nois dois...

Depois de momentos de intenço prazer eu assim extasiado, relaxado
E observando você deitada em meu peito,
ouvido as batidas do seu coração ainda acelerado...
Pela vidraça eu via a chuvinha caindo torrencialmente molhando tudo
e todos que passavam apressadamente.
Tuas pernas entrelaçadas as minhas e os meus braços
envolvendo o teu corpo lhe deixando quente e protegida.
sem o menor perigo de me perder.
Aliás com você eu jamais perderia o que quer que fosse, exeto o juízo.
Sim, ainda estamos quentes, tão quentes que a lareira diante de nossos
corpos nus, quase seria dispensável....
Os ropões que usamos depois do banho quente caidos no chão, e
as taças de vinho tombadas denunciando o que teria sido momentos de
desejo, êxtase, e entrega total...
Sinto teu abraço mais forte enquanto tua boca procura a minha...
Estais refeito e latejante, e seu amor procura o meu mais uma vez...

quarta-feira, 30 de maio de 2012

Eu sou...

Eu sou ...
Eu sou o brilho dos teus olhos ao me olhar
Sou o teu sorriso ao ganhar um beijo meu
Eu sou teu corpo inteiro a se arrepiar
Quando em meus braços você se acolheu
...
Eu sou o teu segredo mais oculto
... Teu desejo mais profundo, o teu querer
Tua fome de prazer sem disfarçar
Sou a fonte de alegria, sou o teu sonhar

Eu sou a tua sombra, eu sou teu guia
Sou o teu luar em plena luz do dia
Sou tua pele, proteção, sou o teu calor
Eu sou teu cheiro a perfumar o nosso amor

Eu sou tua saudade reprimida
Sou o teu sangrar ao ver minha partida
Sou o teu peito a apelar, gritar de dor
Ao se ver ainda mais distante do meu amor

Sou teu ego, tua alma
Sou teu céu, o teu inferno a tua calma
Eu sou teu tudo, sou teu nada
Minha menina, és minha inspiração
Eu sou o teu mundo, sou teu poder
Sou tua vida, sou meu eu em você.

Um Drink Com o Destino


Preciso de um Drink para meu corpo acalmar 
Fico como fogo só em você pensar...
 
Um drink para minha alma alimentar
que está sedenta de muito carinho...
Vem acalmar a fúria, a sede
de desejo e de amor...
Que meu corpo clama sem cessar...
Quero tomar um porre a qualquer hora
não importa ...vem agora!
Vem minha boca aquecer
e, muito louco me deixar...

Vem cavalgar e embriagar meu corpo
escalar minha nuca
afundar em meu peito
mergulhar nos meus rios... 
Vem meu coração escutar
e, no seu compasso entrar...
Vem sentir o cheiro meu
Que misturado ao seu vai me inebriar...
Vem dançar no meu corpo
E fundir dois corpos num só espaço...
Acatar meu carinho que é só seu
Pelos séculos dos séculos...
Vem se arrepiar com meus toques
Te fazer gritar com meus beijos
percorrendo seus côncavos & convexos...
Vem inteira, molhada, ofegante,
Mas nunca abatida nessa batalha excitante...
Vem deita em meu colo macio
Sinta o descanso merecido
Embora cansado,está feliz e vitoriosa...
Conquistou minhas inspirações, minha vida, meu desejo

Fascínio




Só  queria  uma coisa...
extasia-me com teus beijos ardentes
Quero beber o licor afrodisíaco
que flui do teu corpo
no cálice de um indômito tesão,
que me faz crepitar
como um garanhão no cio
Te desejo com o calor de poderosa volúpia!
Teu fascínio me arrebata,
faz desdobrar cada fibra, cada célula,
às vezes, no frenesi, na saudade,
na ansiedade, na calma de uma paixão,
com marcas muito profundas,
magnetizando um mundo
de desmetidas fantasias
É simpatizei... e vi no desejo o fluxo da vida,
à luz de sedutora mensagem,
envolta em incontidos sonhos,
num espelho de mil faces refletidas!
Que se façam reais o teu olhar
no mirar carinhoso a entrelaçar,
além das emoções,
os sentimentos fraternos de um amor
que as deusas no seu templo
enlaçam como o clarão da labareda
que arrebata!

domingo, 27 de maio de 2012

Casa de Anita: Hoje é dia de Churrasco na Casa...e o churrasqueir...

Bom fui convidado para uma churras na casa da Anita..
Viajei na aventura e na história desse churras... valeu pelo convite!!!
Então... vou reblogar na integra essa viagem até a casa da Anita

Casa de Anita: Hoje é dia de Churrasco na Casa...e o churrasqueir...: Com o fim do mês se aproximando também chega a hora de nos despedirmos de nossos hóspedes tão queridos que deram um brilho especial na Ca...

sábado, 26 de maio de 2012

DELÍRIOS DE PRAZER

Deixe-me
Explorar teu corpo por inteiro
com as mãos, com os lábios,
com a língua, com os dentes...
...

Deixe-me
Encantar-te com palavras eróticas
sussurradas carinhosamente em
teus ouvidos...

Deixe-me
beijar teus seios docemente
causando-te todos os delírios
ardentes da paixão...

Deixe-me
Mergulhar no líquido viscoso
e saboroso que inunda o teu sexo quente
lubrificando tua alma de amor...

Deixe-me
repousar o meu sexo faminto
no aconchego de tuas coxas
para que, inconscientemente,
ele encontre o teu ventre molhado
e perca-se no princípio uterino da vida,
penetrando-te e nos levando
aos verdadeiros delírios do prazer.

segunda-feira, 14 de maio de 2012

Surto de saudade

"Que porra de trava temos que ter?
Porque tanta censura e omissão
O instinto é mais forte que os velhos conceitos! 
Deixa viajar a mente e o desejo...
O perfume dá prazer... e posso lhe afirmar... Isso enlouquece!!!
 O desejo cega...Falta a respiração... como uma droga vai consumindo pouco a pouco
Que feitiço é esse?...
Viajar na sua pele e me perder em sua boca! (porque tanto esse sonho)
 Ah...o cheiro...Ah...a música... Ah um lugar...
Tudo é motivo para lembrar
É delirio.... que  não para! 
Mente e corpo em transe da transa sem fim!"
 

domingo, 6 de maio de 2012

Flor sedutora



Se entrega nua,
crua.
Arde,
derrete...

Insanamente,
inconsequente...
indecente!
 Suas curvas se projetam na parede
aumentando ainda mais a minha "sede".
 É um corpo à sombra de uma rosa.
refletida,
despida,

minha
será?.

Olho à minha volta...não te vejo.
E mesmo ainda, tua sombra,
alimento esse desejo

Dessa flor que a 
minha retina é oferenda.

Sozinha e linda,
pertenço apenas à essa sedutora flor!

Ah o Amor.

Amor é
Brilho nos olhos,
Sorriso na face,
Saudade do beijo de amor
Do toque no corpo que dá o arrepio,
trazendo junto o desejo, o tesão
A completa vontade de estar junto,
De sentir as mãos deslizarem pelas curvas do corpo
num cadenciar de carinhos, apertos,
arranhões, beijos quentes, abraços apertados
chegando ao encontro perfeito
entre dois corpos , e dois corações
batendo num só compasso,
nesse exato momento me perco dentro de voce
e voce se perde dentro de mim…
E num bailar sedentos de amor
de amar, de ter na pele o cheiro do amor.
Da vontade de sugar o mel,
Que escorre por entre os dois corpos,
que não se cansam de se procurar
pois há muito já se encontraram.
Ao olhar para dentro de mim.
Eu me encontro em você
lhe sentindo e lhe fazendo minha menina mulher.